domingo, março 11, 2007

Mário Dias - The Producer


Acreditem: não é simples. Produzir para teatro hoje na Bahia é tarefa sobre-humana, ainda mais sem patrocínio fixo! Ainda mais sendo uma montagem ousada e provocativa, ainda mais sendo um drama! Bom, tarefa para poucos... E foi o produtor Mário Dias quem topou o desafio. Mário já produziu para teatro, dança e música. No seu currículo estão Alzira Power, Senhorita Júlia, e mais recentemente, Minha amiga mente para mim e Divorciadas, Evangélicas e Vegetarianas. Em música, produziu shows da Confraria da Bazófia, O Cumbuca, Marcia Short e Clécia Queiroz. Ele sozinho vale por uma produção.


2 comentários:

Boneca disse...

Vi a peça de vcs e, dentre tantas sensações e surpresas, me encontrei bem no cartaz!!! rsrsrsr
Nem de td eu gosto. Mas acho muitos méritos. Sobretudo nos atores.
Ver a Lulu é muito bom. A leveza e a forma como ela transita no meio de todas as loucuras, tão masculinas.
De mulher-objeto para mulher-objeto, eu digo: nada como shopping, qdo eles nos enlouquecem!!
E nada como fucking, qdo descobrimos q realmente não vivemos sem eles.
Bjos e muita sorte para todos.

Mariana Freire disse...

QUERIDOS,
ANTES DE MAIS NADA QUERO PARABENIZÁ-LOS PELA EXTREMA CORAGEM DE REALIZAR ESSE ESPETÁCULO!
CORAGEM POR NÃO DEIXAR DE MOSTRAR, DENUNCIAR E DIZER SOBRE NOSSA COMPULSÃO, COVARDIA, ALIENAÇÃO COLETIVA E PESSOAL. O TEATRO PRECISA SER FERRAMENTA PODEROSA DE PERCEPÇÃO,REFLEXÃO,TRANSFORMAÇÃO INDEPENDENTE DA NOSSA CULTURA DO AXÉ, DA ALEGRIA E DO ENTRETENIMENTO.
DIVULGAREI A TODOS QUE PUDER E NÃO QUERO PERDER A OPORTUNIDADE DE CONVERSAR, DEBATER E TROCAR SOBRE
MINHAS IMPRESSÕES COMO ARTISTA E PÚBLICO DO QUE VI.
SAI INCOMODADA COM O MEU OFÍCIO, PELA FALTA DE PATROCÍNIO(ACHO QUE ESTOU EM CRISE!)E PELAS REALIDADES
DEBATIDAS NO ESPETÁCULO.MAS EXTREMENTE FELIZ EM VER UM
SONHO, UM DESEJO E MUITA DISPONIBILIDADE SER MATERIALIZADA!PRECISAMOS CONTINUAR...É UM DESABAFO,
AMIGOS! OBRIGADA PELO CONVITE E SAIBAM QUE SEMANA QUE VEM, QUANDO NÃO TERÃO MAIS CONVIDADOS, SE INICIARÁ A VERDADEIRA BATALHA!MAS CONFIO.
BEIJOS, MARIANA FREIRE